| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Aos Adventistas
Desde: 15/02/2003      Publicadas: 46      Atualização: 12/04/2012

Capa |  Adventismo  |  Doutrinas  |  Downloads  |  Ellen White  |  Refutação aos Comentários  |  Refutação por Versículos


 Adventismo
  11/03/2012
  1 comentário(s)


Uma divisão não Bíblica da Lei feita pela Igreja Adventista.
A divisão Anti-Bíblica adventistas

Uma divisão não Bíblica da Lei feita pela Igreja Adventista.

 

Nesse momento quero discorrer sobre um assunto que embora seja um caso definido para o comunidade evangélica e erudita, tem sido motivo de grande debate entre os que dizem: Que a Lei esta dividida em duas partes( Moral e Cerimonial) e os que acreditam que a uma só Lei. Para começar quero lhes dizer que sou apenas um estudante da bíblia, que acredita que acima de tudo para aprender a palavra de Deus deve haver antes de tudo um censo critico, é uma serie de comparações entre doutrinas do meio evangélico. Perdoe-me desde já se não usar uma linguagem não tão formal, mais quero que antes de tudo o querido leitor compreenda que não usarei como muitos fazem Adventistas fazem de textos fora do contexto. E quero pedir a você querido leitor que leia todo o contexto de cada passagem é todo contexto que envolver cada passagem.

Muito se tem discutido sobre a lei: De um lado Adventistas que sustentam a divisão da lei em Lei Moral(Lei de Deus) e Lei Cerimonial(Lei de Moises) a seguir a definição da lei pelos Adventistas:

 

À lei moral foi ordenado que fosse colocada dentro da arca (ver Êxodo 25:16 e 21), e a lei cerimonial foi escrita num livro por Moisés e colocada ao lado da arca (ver Deuteronômio 31: 9, 24 e 26)

 

LEI MORAL
Foi proferida por Deus
Foi escrita pelo dedo Deus em tábuas de pedra
Foi colocada dentro da arca
Deverá permanecer firme para sempre
Não foi destruída por Cristo
Devia ser engrandecida por Cristo

Segundo a Wikipedia A Lei é:

A Lei de Moisés é um termo usado com freqüência na Bíblia, em primeiro lugar por Josué. O termo Lei mosaica é usado nos textos acadêmicos. A Lei mosaica é composta por um código de leis formado por mandamentos, ordens e proibições.

Segundo os historiadores, a Lei Mosaica não apresenta nenhum elemento novo, sendo a maior parte de seus elementos adaptações e transcrições encontradas em documentos (códigos legislativos e morais) mais antigos como aqueles utilizados pelos egípcios (exertos do Livro Egípcio dos Mortos), hindus (Código de Manu), babilônicos (Lei de Talião) e por outras civilizações do Crescente Fértil (Código de Hamurabi.

A Lei pode ser resumida nos Dez Mandamentos, que em língua hebraica são chamados simplesmente de "As Dez Palavras" ou "Os Dez Ditos". Os Dez Mandamentos regulamentam a relação do ser humano com Deus e com seu próximo.

Para fins didáticos, o Código Mosaico pode ser dividido em Leis Morais, Leis Civis e Leis Religiosas (Leis Cerimoniais). As leis cerimoniais, regulavam o ministério no santuário do Tabernáculo e, posteriormente, no Templo. Elas tratavam também da vida e do serviço dos sacerdotes e encontram-se descritas especialmente no Livro chamado Levítico.

Em conjunto, todas essas disposições escritas através de ordens e proibições formam a Lei Mosaica (Torá Escrita).

Passagens que provam que Lei de Moisés, Lei do Senhor, Livro da Lei são Sinônimos:

PASSAGENS DO ANTIGO TESTAMENTO

 

1)     a) Lembrai-vos da lei de Moisés, meu servo, que lhe mandei em Horebe para todo o Israel, a saber, estatutos e juízos. Malaquias 4:4

b) E chamou Moisés a todo o Israel, e disse-lhes: Ouve, ó Israel, os estatutos e juízos que hoje vos falo aos ouvidos; e aprendê-los-eis, e guardá-los-eis, para os cumprir. O SENHOR nosso Deus fez conosco aliança em Horebe. Deuteronômio 5:1-2

c)Estas são as palavras da aliança que o SENHOR ordenou a Moisés que fizesse com os filhos de Israel, na terra de Moabe, além da aliança que fizera com eles em Horebe. Deuteronômio 29:1

COMENTÁRIO: O nome Deuteronômio é de origem grega e quer dizer segunda lei ou repetição da lei (Dt 17,18). Si o leitor pegar Dt 5 verá que é a repetição dos Dez mandamentos. Veja o esboço de Deuteronômio abaixo:

 

Esboço de Deuteronômio:

 

Introdução (1.1-5)

I. Primeiro Discurso de Moisés: Relato da História Recente de Israel (1.6 "4.43)
A. A Partida do Monte Sinai (
1.6-18)
B. A Incredulidade em Cades-Barnéia (
1.19"46)
C. As Jornadas no Deserto (
2.1-15)
D. A Chegada às Planícies de Moabe (
2.16"3.29)
E. A Exortação à Obediência (
4.1-43)

II. Segundo Discurso de Moisés: Principais Deveres do Concerto (4.44" 26.19)
A. Os Dez Mandamentos (
4.44"5.33)
B. O Monoteísmo e os Imperativos (
6.1-25)
C. Mandamentos, Promessas e Advertências (
7.1"11.32)
D. Mandamentos Concernentes à Adoração (
12.1-32)
E. Mandamentos Concernentes aos Falsos Profetas (
13.1-18)
F. Mandamentos Concernentes aos Alimentos, Dízimos e ao Ano Sabático

(14.1"15.23)
G. Mandamentos a Respeito das Festas Sagradas Anuais (
16.1-17)
H. Mandamentos a Respeito das Autoridades (
16.18"18.22)
I. Leis Civis e Sociais (
19.1"26.19)

III. Terceiro Discurso de Moisés: Renovação e Ratificação do Concerto (27.1"30.20)
A. Obrigações Solenes de Israel (
27.1-26)
B. Promessas de Bênçãos por Obediência, e de Maldições por Desobediência

(28.1-68)

C. Confirmação do Concerto e Exortações Pertinentes (29.1"30.20)

IV.Os Atos Finais de Moisés e Sua Morte (31.1"34.12)

 

2)     a)E chegado o sétimo mês, e estando os filhos de Israel nas suas cidades, todo o povo se ajuntou como um só homem, na praça, diante da porta das águas; e disseram a Esdras, o escriba, que trouxesse o livro da lei de Moisés, que o SENHOR tinha ordenado a Israel.
Neemias 8:1

b) E leram no livro, na lei de Deus; e declarando, e explicando o sentido, faziam que, lendo, se entendesse. Neemias 8:8

c) E acharam escrito na lei que o SENHOR ordenara, pelo ministério de Moisés, que os filhos de Israel habitassem em cabanas, na solenidade da festa, no sétimo mês. Neemias 8:14

COMENTÁRIO: Quando se faz a leitura dessa passagem em todo sei contexto se ver que a bíblia usa Lei de Moises e Lei de Deus alternadamente.

 

3)     a) E estabeleceu Ezequias as turmas dos sacerdotes e levitas, segundo as suas turmas, a cada um segundo o seu ministério; aos sacerdotes e levitas para o holocausto e para as ofertas pacíficas, para ministrarem, louvarem, e cantarem, às portas dos arraiais do SENHOR. Também estabeleceu a parte da fazenda do rei para os holocaustos; para os holocaustos da manhã e da tarde, e para os holocaustos dos sábados, e das luas novas, e das solenidades; como está escrito na lei do SENHOR. E ordenou ao povo, que morava em Jerusalém, que desse a parte dos sacerdotes e levitas, para que eles pudessem se dedicar à lei do SENHOR. 2 Crônicas 31:2-4

b) Falou mais o SENHOR a Moisés, dizendo: Dá ordem aos filhos de Israel, e dize-lhes: Da minha oferta, do meu alimento para as minhas ofertas queimadas, do meu cheiro suave, tereis cuidado, para me oferecê-las ao seu tempo determinado. Números 28:1-2( Por favor ler 1-40)

COMENTÁRIO: Nas passagens acima vemos Lei de Moisés e Lei do Senhor, faladas de forma alternada mais uma vez.

4)     a) Como Moisés, servo do SENHOR, ordenara aos filhos de Israel, conforme ao que está escrito no livro da lei de Moisés, a saber: um altar de pedras inteiras, sobre o qual não se moverá instrumento de ferro; e ofereceram sobre ele holocaustos ao SENHOR, e sacrificaram ofertas pacíficas. Também escreveu ali, em pedras, uma cópia da lei de Moisés, que este havia escrito diante dos filhos de Israel. Josué 8:31-32

b) E, havendo-o passado, escreverás nelas todas as palavras desta lei, para entrares na terra que te der o SENHOR teu Deus, terra que mana leite e mel, como te falou o SENHOR Deus de teus pais. Será, pois, que, quando houveres passado o Jordão, levantareis estas pedras, que hoje vos ordeno, no monte Ebal, e as caiarás.
Deuteronômio 27:3-4

COMENTÁRIO: O livro de Deuteronômio apresenta três discursos de Moisés:

I. Primeiro Discurso de Moisés: Relato da História Recente de Israel (1.6 "4.43)

II. Segundo Discurso de Moisés: Principais Deveres do Concerto (4.44-26.19)

III. Terceiro Discurso de Moisés: Renovação e Ratificação do Concerto (27.1"30.20)

Sendo que entre esses discursos estão incluindo os dez mandamentos.

5)     a) Tomai este livro da lei, e ponde-o ao lado da arca da aliança do SENHOR vosso Deus, para que ali esteja por testemunha contra ti. Deuteronômio 31:26

b) E ensinaram em Judá, levando consigo o livro da lei do SENHOR; e foram a todas as cidades de Judá, ensinando entre o povo. 2 Crônicas 17:9

c) Esforçai-vos, pois, muito para guardardes e para fazerdes tudo quanto está escrito no livro da lei de Moisés; para que dele não vos aparteis, nem para a direita nem para a esquerda; Josué 23:6

COMENTÁRIO: Nós versículos acima a Bíblia se refere a Livro da lei de Moises e do Senhor a mesma coisa. O Interessante e que Moisés escreveu esses livro e colocou do lado de fora da arca. Livro esse que continha também os dez mandamentos. Deuteronômio diz que Moisés entregou esse livro aos levitas, é os levitas por sua vez colocaram do lado da arca da aliança, já em 2 Crônicas 17:9 diz que acharam o lIvro da lei do senhor, e Josué 23:6 disseram que acharam o mesmo livro só que na passagem em questão chamam de livro da lei de Moisés.

 

PASSAGENS DO ANTIGO TESTAMENTO

1)     a) E, cumprindo-se os dias da purificação dela, segundo a lei de Moisés, o levaram a Jerusalém, para o apresentarem ao Senhor (Segundo o que está escrito na lei do Senhor: Todo o macho primogênito será consagrado ao Senhor); Lucas 2:22-23

b) E, quando forem cumpridos os dias da sua purificação por filho ou por filha, trará um cordeiro de um ano por holocausto, e um pombinho ou uma rola para expiação do pecado, diante da porta da tenda da congregação, ao sacerdote. O qual o oferecerá perante o SENHOR, e por ela fará propiciação; e será limpa do fluxo do seu sangue; esta é a lei da que der à luz menino ou menina. Levítico 12:6-7

COMENTÁRIO: Lucas diz que Lei do Senhor é um lei cerimonial.

2)      a) Não vos deu Moisés a lei? e nenhum de vós observa a lei. Por que procurais matar-me? João 7:19

b) Não matarás. Êxodo 20:13

3) a) E para darem a oferta segundo o disposto na lei do Senhor: Um par de rolas ou dois pombinhos. Lucas 2:24

b) Mas, se em sua mão não houver recursos para um cordeiro, então tomará duas rolas, ou dois pombinhos, um para o holocausto e outro para a propiciação do pecado; assim o sacerdote por ela fará expiação, e será limpa. Levítico 12:8

4) a) Tu, pois, que ensinas a outro, não te ensinas a ti mesmo? Tu, que pregas que não se deve furtar, furtas? Tu, que dizes que não se deve adulterar, adulteras? Tu, que abominas os ídolos, cometes sacrilégio? Romanos 2:21-22

b) Porque a circuncisão é, na verdade, proveitosa, se tu guardares a lei; mas, se tu és transgressor da lei, a tua circuncisão se torna em incircuncisão. Se, pois, a incircuncisão guardar os preceitos da lei, porventura a incircuncisão não será reputada como circuncisão? Romanos 2:25-26

c) Lendo Mc 7.10 que declara: "Porque Moisés disse: Honra a teu pai e a tua mãe" Esse mandamento está incluído nos dez mandamentos, pois é citado em Ex 20.12. Um preceito cerimonial considerando que foi Moisés que o disse, mas que faz parte da lei moral dos adventistas, pois se trata do 5º mandamento do decálogo;


 

A LEI PARA O JUDEU

A lei para o judeu era considerada "Una". Não há de se supor que dentro da teologia judaica havia separação entre lei moral e cerimonial. A única diferença que faziam era quanto "a lei escrita" (Torah) e "a lei oral" (Halakoth) e mesmo assim essa nuança era muito tímida. Até mesmo Flávio "Josefo parece estar bem próximo da concepção rabínica da Tora total: como a lei escrita, a Tradição também vem de Moises e, portanto de Deus" (Flavio Josefo Uma Testemunha do Tempo dos Apóstolos pág. 38, Contra Apião II). Veja que até mesmo a "Tradição" na concepção judaica, era considerada como parte da lei dada por Deus quanto mais as leis do livro.

A expressão Lei de Deus e Lei de Moisés é expressões sinônimas e não se trata de Leis distintas como afirmam os Adventistas do Sétimo Dia. Em Is 33.2 se lê de 'um só Legislador "e assim tanto os dez mandamentos como os livros de Moisés foram dados por um só Legislador - Deus, por meio de Moisés. É' de Deus pois foi dado por Ele e é de Moisés porque foi dada por intermédio de Moisés".

Certa autoridade teológica no assunto corrobora com o exposto acima dizendo:
"Deve-se observar, por igual modo, que apesar de haver, em certas mentes modernas, tremenda diferença entre as "leis morais" e as leis cerimoniais, isto é, respectivamente, entre os dez mandamentos e os preceitos rituais dos judeus, contudo tal distinção jamais fez parte da mentalidade judaica, não podendo ser encontrada nenhuma declaração bíblica nesse sentido. Muitos judeus consideravam serem mandamentos importantíssimos, não menos importantes que os dez mandamentos das tábuas da lei, certas observâncias que consideraríamos triviais, como a lavagem de roupas, mãos pratos, etc. Portanto, a distinção feita por alguns modernos , os quais afirmam que a "lei cerimonial" foi ab-rogada, mas que a "lei moral" não o foi, é uma pretensão inteiramente destituída de provas bíblicas. Pois, nesse caso, é tão fácil eliminar o sábado como é fácil eliminar a lavagem de mãos, pratos, etc...,com base no ponto de vista da suposta eternidade das leis outorgadas ao antigo povo de Israel. (Enciclopédia de Bíblia, teologia e filosofia, pág. 7 vl. 6 R.N Champlin, Ph.D. J.M Bentes ed. Candeia - 4 edição).




  Mais notícias da seção Estudos Biblicos no caderno Adventismo
25/03/2003 - Estudos Biblicos - Colossenses
Um Estudo serio sobre Colossenses 2....



Capa |  Adventismo  |  Doutrinas  |  Downloads  |  Ellen White  |  Refutação aos Comentários  |  Refutação por Versículos
Busca em

  
46 Notícias